A revisom que vimos de fazer da evoluiçom das visitas a www.ceivar.org durante 2005 arroja alguns dados interessantes e motivadores a respeito do nosso trabalho informativo na rede. Passamos desde Janeiro de 233 computadores diferentes a visitar o web aos 1084 que fizérom o próprio no passado mês de Outubro, mantendo sempre umha progressom constante. Assinalar também que o mês de Julho, coincidindo com o começo da renovaçom informativa que realizamos quase cada 2 ou 3 dias, e a partir da detençom e encarceramento de 2 militantes independentistas na capital galega, foi que passamos de 368 a 790 computadores diferentes que acedérom ao web anti-repressivo. O número de visitas, páginas visionadas, hits e bites também progressa de forma sustentada desde primeiros de ano. Assim, o mês passado recebemos 2332 visitas que visionárom 11328 páginas. A prática totalidade destas visitas procedem do Estado espanhol sem que podamos acertar quais as próprias da Galiza. A distáncia 60 ou 70 vezes inferior, situam-se por esta ordem os USA, o Brasil e a Alemanha. Embora se tratar de dados ainda modestos, valorizamo-los muito positivamente. Primeiramente, porque constatamos um progresso continuado no número de visitantes diferentes, visitas práticas, páginas visionadas e bites. Segundo, porque este progresso produz-se com muita mais celeridade a partir de que a renovaçom informativa começa a ser quase diária, demonstrando-se, que existe um interesse num sector da sociedade sobre o tipo de informaçom que servimos. Por último, um dado essencial, qual é o facto de que a existência do web apenas se difunde através do trabalho e a presença social ainda limitada de Ceivar, a colaboraçom de webs amigos e o envio com periodicidade irregular e em funçom da existência de factos relevantes dum pequeno boletim electrónico que chamamos "Ceivar informa". À vista destes dados, e da necessidade estratégica de estabelecermos canais de informaçom e comunicaçom próprios, horizontais e nom supeditados aos interesses político-económicos dos principais grupos de comunicaçom, Ceivar anuncia a intençom de reforçar progressivamente a presença na Internet, avançar na qualidade e quantidade dos conteúdos presentados e alargar aos poucos esta pequena trincheira desde a que combatemos a ocultaçom e a manipulaçom informativa que envolvem a existência e a luita do independentismo na Galiza.