A Guarda Civil, por ordem da Audiência Nacional, detivo na manhá de hoje nove independentistas em Compostela, Boiro, Muros, Ponte Vedra e Vigo. As detençons efectuárom-se com grande despregue de agentes encapuzados e armados com fuzis ametralhadores, seguidos de perto por jornalistas dos meios afins ao regime.

Segundo pudemos saber, os agentes botárom abaixo as portas de algumhas das vivendas e retivérom no seu interior durante horas os militantes, enquanto lhes praticavam registros após os quais lhes roubárom muitas pertenças pessoais.

O Ministério do Interior espanhol explicou num comunicado público (re-escrito sem pudor nem contraste por todos os meios do sistema) que as pessoas fôrom detidas simplesmente por militar na organizaçom política Causa Galiza, e em particular por assistir ou organizar a última ediçom do Dia da Galiza Combatente. Nengumha vinculaçom com a luita armada senom com pura atividade política.

Apelo à solidariedade

De Ceivar chamamos a todas as pessoas com dignidade e consciência democrática a respostar a esta gravíssima violaçom dos direitos políticos do nosso povo, participando nas concentraçons que hoje se celebram em muitas localidades do país. Estas concentraçons, que coincidem com o jejum dos presos independentistas em reivindicaçom dos seus direitos, servirám este mês também para demonstrar que a estratégia do terror do Estado espanhol contra os galegos e galegas nom funciona, que nos mantemos em pé com orgulho e solidariedade.

Nos próximos dias continuaremos a informar da situaçom dos companheiros, assim como das novas iniciativas de resposta que vaiam surgindo.

Novo

As pessoas detidas no dia de ontem atopam-se na Comandancia de Tres Cantos de Madrid. Atopam-se em bom estado e estám a comunicar com as famílias mais com os advogados já que a sua detençom é comunicada.

Ainda que nada se pode afirmar nestas circunstâncias ao 100%, é provável que a segunda feira, após declarar ante o juiz da Audiência Nacional fiquem em liberdade.

Som muitas as mensagens de solidariedade que tenhem chegado à Galiza desde todos os pontos do Estado. Igualmente ontem a resposta nas ruas foi muito boa. Agradecer todas as mostras solidárias. Ademais deixamos o enlace a um video da declaraçom de Salvador Gomes que foi detido no dia de ontem mas conseguiu que nom o baixaram até Madrid devido ao seu delicado estado de saude.

Video Salva