tortura nomO Comité Europeio de Prevençom da Tortura investigou durante quase duas semanas diferentes comisarias espanholas e distintos centros destinados à detençom.

No informe que redigirom posteriormente sinalam que as múltiplas entrevistas realizadas nom permitem afirmar que "os maus tratos estem geralizados" no Estado Espanhol, mas si que existem numerosos casos onde as forzas do Estado"realizam um excessivo uso da forza".

Destacam no informe o caso de umha comisaria de Madrid (a de Leganitos) na que o CPT atopou nas oficinas dos inspectores paus, bates de beisebol, um latigo e umha corda/soga, "este tipo de objetos convida a especular sobre um comportamento impróprio por parte dos agentes, som tambem um perigo potencial tanto para o pessoal como para as pessoas suspeitosas de terem delinquido"