laurabugalho

A ativista será julgada o próximo dia 7 de Junho, às 9:30 nos julgados de Compostela

Laura foi detida em 2009, onde passou 48 horas nos calabouços da polícia e sofreu torturas. Foi acusada de um presunto delito de falsidade documental (de 3 a 6 anos de cadeia) e de outro de trata de pessoas (de até 8 anos de prisom).

O caso liga-se com o seu trabalho de apoio e assessoramento a pessoas migrantes, onde, segundo a polícia e a Fiscalia, teria falsificado documentaçom para regularizar a situaçom de 4 pessoas. Já sabemos, nos espectáculos judiciais, em que banquinho toca sempre sentar às boas e generosas.

A nossa solidariedade é imparável!

Muitas Lauras precisa este país!