causagalizaSerá o próximo 23 de Abril em Compostela, e atravês do “Manifesto Abrolhar”, está a sumar apoios à convocatória, sob a legenda “a sociedade galega contra a criminalizaçom das ideias e persecuçom do independentismo”. No texto exige-se o arquivamento definitivo da causa que a Audiência Nacional mantém aberta contra 9 independentistas a raiz da Operaçom Jaro.

Embora o tribunal político tenha decretado o fim da suspensom de atividade de Causa Galiza, o qual era umha medida de ilegalizaçom encuberta, as nove pessoas detidas a finais de 2015 baixo legislaçom antiterrorista, continuam encausadas com a acusaçom de “enaltecimento do terrorismo” e “integraçom em banda armada”. O que abrangue penas de entre 10 e 20 anos de prisom por pessoa.

O manifesto para além do arquivo da causa aberta na Audiência Nacional, denuncia “a pretensom de criminalizar e minorizar um posicionamento político digno e legítimo como é a constituiçom da Galiza em Estado” e reclama “o cessamento dos operativos repressivos cuja exclusiva finalidade é satanizar um projeto político e furtar à sociedade galega o debate livre, aberto e plural de ideias e perspetivas de País”.

Desde a operaçom político-policial a finais de 2015, forom numerosos os pronunciamentos contra esta operaçom, incluída umha manifestaçom nacional em Janeiro de 2016. Em este momento o manifesto está aberto a quem quisser apoiar.

Frente a repressom, solidariedade!