8marçoO próximo domingo, dia 5, uniremo-nos à marcha que sairá da alameda de Compostela às 12h. Sobram motivos para que esta data encha as ruas numha jornada de luita, e convidamos a participar também nas diferentes atividades, acçons e protestos ao longo de todo o País ligadas às reivindicaçons feministas. 

Como organismo anti-repressivo vemos dia a dia o carácter patriarcal e misógino do Estado que nos nega e o machismo inerente à maioria de formas de abuso por parte das instituiçons do régime espanhol. Contra isso luitamos sem trégua. Mas também o vemos e o combatemos nos espaços privados, próximos, militantes. As perspectivas e práticas feministas som alimento imprescidível das dinámicas de transformaçom e solidariedade, e somos muitas as que cada dia fechamos punhos lilás, mao com mao, contra a barbárie.

Aproveitamos também para lembrar que nom estamos todas, e que dentro da prisom há companheiras que resistem. Em Mansilla de las Mulas, Maria Osório faz um triángulo com as maos.

Maria Osório liberdade!

Viva Galiza livre e feminista!