Amizades de Edu Vigo sofriam um acidente de tráfico às duas da madruga do passado sábado no seu caminho cara os mais de 1300km que tinham por diante para ver o preso 40 minutos através dum vidro.

coletivo

Como medida de protesto dentro das prisons, esta sexta-feira, dia 22, recusarám a bandeja da comida. Em Mansilla de las Mulas, Estremera, Ocaña, Valladolid e Dueñas acontecerá a acçom conjunta, que confirma a firmeza das presas de manterem a reclamaçom dos seus direitos, como recentemente explicitavam em comunicado público o passado 17 de Abril “Continuamos a exigir o respeito aos nossos direitos como militantes presos/as e daremos passos para abrir fendas na política penitenciária vigente, intensificando as reivindicaçons de traslado a umha prisom em território galego e agrupamento do nosso Coletivo.

” Ainda o Coletivo de Presas Independentistas Galegas, engade: “Animamos o movimento independentista para continuar a sustentar a imprescindível solidariedade política com o nosso Coletivo e chamamos ao conjunto de forças políticas e sociais democráticas a se envolverem ativamente na denúncia da repressom política e a excecionalidade penal e penitenciária aplicada aos luitadores galegos/as presos/as.”