110276-crumpled-paper-icon-social-media-logos-rss-cube

Anunciavamos esta semana que a vaga repressiva contra a AMI conhecida como “Operaçom Castinheira” nom estava encerrada. Os factos ocorridos esta tarde venhem confirmar o asserto: a militante da formaçom juvenil em Ourense, Maria B., era detida novamente hoje por agentes da Guardia Civil. A independentista galega encontra-se a esta hora no quartel da Guardia Civil de Ourense. Segundo vem de comunicar a força de ocupaçom ao nosso advogado, Maria B. seria acusada agora pola colocaçom de artefactos incendiários numha minicentral hidroeléctrica na Merca o passado 22 de Outubro. Segundo esta mesma fonte, Maria B. será conduzida amanhá aos julgados de Cela Nova para emprestar declaraçom. A nova detençom é bem indicativa da tentativa da Guardia Civil de situar a militáncia da AMI num permanente estado de excepçom e insegurança, impedindo o trabalho político-social da formaçom juvenil e pondo sobre o conjunto da militáncia a ameaça permanente de jos_content detençons. Ceivar responderá nos media e nas ruas da Galiza esta nova detençom política durante as próximas horas. Seguiremos informando em quanto tenhamos jos_content notícias. Por enquanto, chamamos todas as pessoas, associaçons e colectivos sensibilizados frente a esta campanha repressiva a dar resposta à mesma e difundir a informaçom que vaia tirando o nosso portal. Maria liberdade! Solidariedade com a AMI! Defender a Terra nom é delito!
 
Teimudamente Alçadas!
teimudamente_alzadas
Manual de Segurança para Ativistas
manual_segurana_2015
O Teito é de Pedra
mostra_capa
Lei de Segurança Cidadá
LSC_2014web
Endereços d@s Pres@s

1 920422340620189774

raul_web

maria2014_web

edu_web

teto_web

Atópanos nas redes sociais



feisbuk

banner_numero_conta_2014