110276-crumpled-paper-icon-social-media-logos-rss-cube

Dous partes –informes de carácter punitivo- abertos ao preso independentista Ugio Caamanho polos “plantes” realizados na prisom de Soto del Real (Madrid) podem supor o ingresso do militante galego em isolamento durante 30 dias. As notificaçons que o preso galego vem de receber na prisom de Navalcarnero como castigo das luitas desenvolvidas em Soto, e das que informamos neste portal, implicam duas conduçons a regime de isolamento absoluto durante 10 e 20 dias, respectivamente. Aliás, Caamanho, que fora objecto dumha malheira propinada por vários carcereiros de Soto em 24 de Agosto passado, é acusado cinicamente agora de “agressons” a vários funcionários. De Ceivar desconhecemos se a medida repressiva se aplicará de modo continuado –isolando o patriota galego durante um mês completo-, ou em dous períodos separados. Com indiferença deste extremo, o que se pom de manifesto mais umha vez é o regime de arbitrariedade e excepcionalidade a que estám submetidos @s pres@s independentistas galeg@s, a importáncia da solidariedade desde o exterior e a necessidade de nom ceder na luita pola liberdade da Galiza. Exigimos também novamente a repatriaçom d@s pres@s independentistas e o remate da vulneraçom dos seus direitos.
 
Teimudamente Alçadas!
teimudamente_alzadas
Manual de Segurança para Ativistas
manual_segurana_2015
O Teito é de Pedra
mostra_capa
Lei de Segurança Cidadá
LSC_2014web
Endereços d@s Pres@s

1 920422340620189774

raul_web

maria2014_web

edu_web

teto_web

Atópanos nas redes sociais



feisbuk

banner_numero_conta_2014