110276-crumpled-paper-icon-social-media-logos-rss-cube

Confederaçom Intersindical Galega (CIG), Uniom Geral de Trabalhadores (UGT) e Comissons Obreiras (CCOO) desconvocárom o paro de duas horas previsto para 2 de Março na actividade produtiva do sector naval viguês. A convocatória surgiu para denunciar a repressom laboral na companhia Estaleiros Pinheiro e o despedimento de seis operários o passado 14 de Fevereiro. A ameaça sindical surtiu inusualmente um efeito antecipado e os seis trabalhadores fixos que viram rescindidos os seus contratos eram readmitidos na tarde da quarta-feira. A tentativa de greve coincidia com a data fixada para o início das negociaçons do convénio colectivo, embora o patronato do Metal viguês declarara que nom assistiria à reuniom devido à iniciativa sindical. CIG, UGT e CCOO declararam que em caso de o patronato nom sentar-se à mesa “procederemos à convocatória dumha greve no sector” prolongada e denunciárom que o patronato quer “aproveitar-se do conflito dos Estaleiros Pinheiro para retrasar a negociaçom”.
 
Teimudamente Alçadas!
teimudamente_alzadas
Manual de Segurança para Ativistas
manual_segurana_2015
O Teito é de Pedra
mostra_capa
Lei de Segurança Cidadá
LSC_2014web
Endereços d@s Pres@s

miguel web

asun web

toninho web

edu_web

teto_web

Atópanos nas redes sociais



feisbuk

banner_numero_conta_2014