110276-crumpled-paper-icon-social-media-logos-rss-cube

O militante independentista Héitor J. N. foi detido nesta amanhá no aeroporto luso Sá Carneiro de Porto quando, supostamente, se dispunha a apanhar um voo com destino à República Bolivariana de Venezuela. Segundo apontárom distintos meios, a Polícia portuguesa, a pedido da espanhola, foi quem praticou a sua detençom em companhia de outra pessoa à que a mídia apresenta como “cidadám venezuelano” e responderia às iniciais J. M. M.

O militante galego foi condenado em dezembro a 11 anos de prisom pola Audiencia Nacional após ser denunciado por um arrependido que colaborou com a Justiça espanhola no decurso do juízo a cámbio de benefícios penitenciários particulares. Neste processo dilucidava-se a participaçom de Héitor J. N. na voadura de antenas de TV e rádio no monte Sam Paio de Vigo em 2012. Embora o tribunal especial carecia de provas, além das declaraçons do arrependido, impujo a este umha sentença de 11 anos de privaçom de liberdade.

Concentraçons

Nestes momentos, Héitor J. N. encontra-se junto ao cidadám venezuelano J. M. M. em maos da Polícia portuguesa e prontos, provavelmente, para ambos serem entregues à espanhola. A detençom, com um suposto cargo de falsificaçom de documentaçom, suporia o encarceramento do militante independentista galego e o cumprimento íntegro da condena imposta pola Audiencia Nacional em dezembro.

À vista da situaçom, o Organismo Popular Anti-repressivo CEIVAR convocou para amanhá quinta-feira 12 de março concentraçons informativas e de solidariedade com os dous detidos. Nestes atos em que se reivindicará a sua liberdade facilitará-se informaçom de última hora sobre este processo repressivo, a situaçom das pessoas envolvidas, etc. Os lugares e horas das mobilizaçons som as que detalhamos a continuaçom:


QUINTA-FEIRA 12 DE MARÇO

BURELA: Praça do Concelho às 20h30
COMPOSTELA: Praça do Pam às 20h30
FERROL: Praça do Concelho às 20h30
OURENSE: Praça do Ferro às 20h30
VIGO:  Farola de Urzáiz às 20h30
LUGO: Praça Maior 20h30
CORUNHA: Obelisco 20h30

[Atualizada às 22h18] Segundo acavam de informar ao organismo anti-repressivo, J.M.M. foi posto em liberdade sem cargos.

 

(Actualizada às 00:10h) Segundo informam Heitor Naia passará esta quinta feira a disposiçom judicial no Tribunal da Maia (Portugal) para responder polos cargos de falsificaçom documental. Posteriormente será levado ante o Tribunal da Relação do Porto, no âmbito do mandado de detençom europeia para que se avalie a sua extradiçom ao Estado Espanhol.

(Actualizada 16:55h) Às 09:25 desta manhá Heitor Naia passou ante o Tribunal da Maia quem o condenou a um ano de prisom com pena suspensa por falsificaçom documental. Agora está à espera de passar ante o Tribunal de Relaçâo do Porto para gestionar a sua extradiçom ao Estado Espanhol.

 
Teimudamente Alçadas!
teimudamente_alzadas
Manual de Segurança para Ativistas
manual_segurana_2015
O Teito é de Pedra
mostra_capa
Lei de Segurança Cidadá
LSC_2014web
Endereços d@s Pres@s

raul_web

maria2014_web

edu_web

teto_web

Atópanos nas redes sociais



feisbuk

banner_numero_conta_2014