110276-crumpled-paper-icon-social-media-logos-rss-cube

conc 20172711 compos estudantesNa manhã de hoje eram julgados em Compostela 11 estudantes por um delito de "desordes públicas".

Os feitos remontam-se a umha mobilizaçom estudantil, a prol do ensino público o passado Março de 2013, durante a qual um grupo de estudantes ocupou a reitoria da universidade de Compostela interrompendo umha sessom do Conselho de Governo.

Sete pessoas chegarom a acordo coa fiscalia, tendo q pagar 270€ mais a responsabilidade civil e contra outras quatro retirarom a acusaçom.

 

represion mapucheAconteceu o passado sábado 25, durante as protestas que enfrontarom à comunidade Mapuche com a polícia Argentina em Villa Mascardi (departamento de Bariloche).

Rafael Nahuel, de 27 anos de idade falecía a consequência de um disparo, assim o confirmou o director do Hospital Ramon Carrillo, Leonardo Gil.

Hai mais pessoas feridas, até três mapuches, um em estado de gravidade. Os acesos ao hospital estam cortados, imposibilitando assim a assistência médica às pessoas feridas e segum recolhe o jornal vasco Naiz (q recebeu um áudio com toda a informaçom) hai desaparecid@s.

Toda a nossa solidariedade com o povo Mapuche!

 

conc novembro2017Este mês de Novembro saimos novamente à rua entre as 20:00h e as 20:30h desta sexta-feira, dia 24, em defesa dos direitos das presas independentistas.

Os pontos que o Coletivo de Presas Independentistas Galegas reclama som:

O reconhecimento da sua condiçom de prisioneiras políticas, o fim da política criminal de dispersom penitenciária, o reagrupamento dos membros do coletivo numha mesma prisom em território galego, o cessamento do regime de reclusom nos centros de menores e a melhora geral das condiçons de vida no encerro.

As convocatórias teram lugar em:

Compostela: 20:30h na praça do Toural

Vigo: 20h no Marco (rua Principe)

Ourense: 20:30h na praça do Ferro

Lugo: 20:30h na Praça Maior

Burela: 20:30h na Praça do concelho

Ponte Vedra: 20:30h na Praça da Peregrina

Participa e espalha!

 

magusto feminista composNo contexto do dia contra as violências machistas chega o Magusto feminista conjunto de BRIGA e Ceivar em Compostela.

Umha jornada de formaçom, lazer e festa alternativa atravessada pola luita da libertaçom da mulher e o combate contra o terrorismo machista.

Horários:

Às 13:30 no Matadoiro: Sessom vermute e jogos populares.


Às 16:00? no Pub Avante (Rua Sam Bieito 6): Obradoiro de autodefesa feminista (atividade nom-mixta)


Às 17:30 no Pub Avante (Rua Sam Bieito 6): Projeçom do filme "Sufragistas"


Às 20:00 participaremos da manifestaçom feminista unitária

E a partir das 21:00 começaremos com o Magusto acompanhado de castanhas de balde e foliada. Nom duvides em achegar-te!

 

tortura nomO Comité Europeio de Prevençom da Tortura investigou durante quase duas semanas diferentes comisarias espanholas e distintos centros destinados à detençom.

No informe que redigirom posteriormente sinalam que as múltiplas entrevistas realizadas nom permitem afirmar que "os maus tratos estem geralizados" no Estado Espanhol, mas si que existem numerosos casos onde as forzas do Estado"realizam um excessivo uso da forza".

Destacam no informe o caso de umha comisaria de Madrid (a de Leganitos) na que o CPT atopou nas oficinas dos inspectores paus, bates de beisebol, um latigo e umha corda/soga, "este tipo de objetos convida a especular sobre um comportamento impróprio por parte dos agentes, som tambem um perigo potencial tanto para o pessoal como para as pessoas suspeitosas de terem delinquido"

 

policia municipal madrid"Hitler sí era um senhor, con él ya estarían las chimeneas echando humo", "hijos de puta los moros", " yo los tirava al mar, comida para peces", "el fascismo es alegria"... Som algumhas das mensagens que fixo publicas o jornal eldiario.es de um chat interno da polícia municipal de Madrid onde vários agentes louvam o nazismo. Um dos agentes fai-se chamar "führer" e os companheiros dirigem-se a el como "camarada 14/88"

"Ojalá tenga una muerte lenta y agonica" ou "es terrible que ella no estuviera en el despacho de Atocha cuando mataron a sus companheros", estas mensagens referem-se à alcaldesa de Madrid, Manuela Carmena, depois de terem ela definido como "error terrible" as brutais carregas políciais do 1de outubro em Madrid.

Também hai ameazas e insultos a mais políticos de esquerda e mesmo a jornalistas da canle de televissom Lasexta

A conversa do WhatsApp forma parte de umha denúncia que já está no julgado e que apresentou um polícia municipal de Madrid por ameazas. O agente dixo têr sido ameazado de morte, e fai constar que a persecuçom à que se vê submetido cre que é devida a serem delegado do sindicato Comisiones Obreras, mas que se intensificarom as intimidaçons ao censurar a atitude dos seus companheiros polo chat.

 
Mais artigos...
Teimudamente Alçadas!
teimudamente_alzadas
Manual de Segurança para Ativistas
manual_segurana_2015
O Teito é de Pedra
mostra_capa
Lei de Segurança Cidadá
LSC_2014web
Endereços d@s Pres@s

raul_web

maria2014_web

edu_web

teto_web

Atópanos nas redes sociais



feisbuk

banner_numero_conta_2014