110276-crumpled-paper-icon-social-media-logos-rss-cube

penal de el puertoO passado 6 de outubro estreou-se no teatro Munhoz Seca de El Puerto de Santa Maria o documentário "O penal, face e alma de um mito", dentro das VII Jornadas de Memoria Histórica. A realizaçom do mesmo corresponde-lhe ao Foro pola Memória Histórica e aborda a história do penal, "o mal do mal".

"Soou um martinete gravado no pátio do Penal e puxo-se-me a pele de galinha (...) Pola pantalha iam passando históriadores, responsáveis da Memória Histórica e familiares de aquelas pessoas que nos anos 30 e na longa postguerra, estiveram presos no Penal; militantes comunistas, socialistas, anarquistas ou simplesmente pessoas trabalhadoras com ideias progresistas" descreve Miguel Ángel Rincón, e continua "aquel penal, agora declarado Lugar de Memória Histórica, foi um verdadeiro exponente do horror franquista para milheiros de presos políticos. Torturas, fusilamentos, mortes por inaniçom... detrás daqueles muros, sem dúvida e amosou-se a pior cara do ser humano"

Mejor quisiera estar muerto
que preso pa toa mi vía
En este penal del Puerto
Puerto de Santa Maria*

*anaco de umha famosa Toná

 

antifascist barcelona 12 octubreSeis moços anti-fascistas seram julgados a próxima quarta-feira na cidade da justiça de Barcelona acusados de agredir a um grupo de neonazis. A fiscalia pide 15 anos de prisom para cada um deles polos delitos de lessons com instrumento perigoso, lessons com agravante de abuso da superioridade, discriminaçom por motivos ideológicos e danos.

Os feitos acontecerom o 12 de outubro de 2013 quando depois do ato de celebraçom da Hispanidade de diferentes grupos fascistas como Democracia Nacional ou La Falange (entre outros) produciu-se umha pelexa entre estes e um grupo de anti-fascistas.

Este sábado mais de 700 pessoas manifestarom-se em Barcelona em solidariedade cos seis jovens e em protesta polas desproporcionadas petiçons fiscais.

 

duarteDesde Ceivar queremos transmitir o nosso pesar e as nossas condolências aos familiares e amizades de Duarte Abad Loxo, independentista galego, patriota bom e generoso.

O companheiro Duarte, membro do Exército Guerrilheiro do Povo Galego Ceive (EGPGC), foi capturado em 1989 e cumpriu 13 anos de prisom em diversas cadeias do Estado espanhol.

Ficará para sempre o teu recordo e o teu exemplo!

 

copelUm grupo de ex-presos sociais pertencentes à COPEL (Coordinadora de Presos em Luita) impulsa este documentário co fim de levar à luz umha verdade, de dar voz a todas e todos aqueles que virom a sua aniquilada. O relato de umha história colectiva na que confluem as experiências pessoais de quem vivirom dende dentro o que fora aínda fica silenciado.

Coa morte de Franco, o processo de democratizaçom do regime ditatorial nom caiu do ceo, nom foi agasalhado, senom que foi forzado dende abaixo por umha multitude de luitas sociais e movimentos reivindicativos. Destas mobilizaçons nasceu a COPEL, um movimento que queria rematar co régime penitenciário da ditadura. A amnistia, por exemplo, nom se consegue senom depois de vários ciclos de mobilizaçons na rua, em enfrontamento permanente cos antidisturbios e a costa dum bo número de mortos.
Aínda que fracassarom no intento de incluir os presos sociais na lei de amnistía do '77, a COPEL conseguiu visibilizar durante mais de dous anos as injustiças que se estavam a viver nas cadeias espanholas a través de protestos masivos, como o afamado motim de Carabanchel.

Esta é a sua história, explicada a muitas vozes por algumhas pessoas que vivirom intensamente aquela época. O relato surge dum debate e umha reflexom estratégica, útil para aqueles que se plantexam, aínda hoje, umha luita contra o actual sistema penitenciário, herdeiro directo do Régime anterior.

 

errenteria manifestazioaA juiça Carmen Lamela, a carrego da causa na Audiência Nacional espanhola contra os três jovens que levavam em prisom preventiva durante oito longos meses, decidiu ponhelos em liberdade condicional.

Os feitos remontam-se ao 11 de março, a umha manifestaçom pola Amnistia q se celebrou em Irunhea na que forom detidos os jovens acusados de "desordes públicos e terrorismo" pola sua suposta participaçom nos distúrbios acontecidos depois de dita mobilizaçom.

A causa segue aberta polo que Asier, Endika e Ruben teram juiço, mas aguardaram a que sexa em Errenteria e nom a centos de kilometros das suas casas padecendo o encerramento e a dispersom pola que protestabam aquel dia, naquela manifestaçom.

Dar a cara contra a repressom do estado castigase duramente; vimo-lo vendo nos últimos anos com diferentes operativos contra pessoas ou organizaçons que levantam a voz contra a injustiça e miséria do Estado. Luitar contra a dispersom penitenciária pode ser motivo para que remates fechada tras um muro de formigom a centos de kilometros, mas com todo nom deixam de ouvirse os berros.

Asier, Endika, Rubem ongi etorri!

 

03NPouco depois das 17:00 da tarde a juiça fascista da Audiência Nacional Carmen Lamela decretava prisom incondicional para os nove membros do Govern que foram chamados a declarar na manhã de hoje, o vice-presidente da Generalitat Oriol Junqueras, e os consellers Jordi Turull, Raül Romeva, Josep Rull, Dolors Bassa, Meritxell Borrás, Joaquim Forn e Carles Mundó e prisom baixo fianza para o ex-conselheiro Santi Vila; acusad@s de delitos de sediçom, rebeliom e malversaçom.

Já forom enviados e dispersados nas seguintes prisons madrilenhas: Estremera, Aranjuez, Valdemoro, Navalcarnero e Alcalá-Meco.

Manha, sexta-feira dia 3 as 20:00h hai convocadas concentraçons pola plataforma Galiza com catalunya para denunciar estes feitos:

Vigo. Farola de Urzaiz.

Compostela. Praça do Toural.

Corunha. Subdelegaçom do Goberno

Ferrol. Praça Amada García.

Lugo. Subdelegaçom do goberno

Ponte Vedra. Praça da peregrina,

Ourense. Subdelegaçom do Goberno

De Ceivar unimo-nos a esta convocatória, solidarizamo-nos com as pessoas detidas e encarceradas no dia de hoje. Solidariedade que fazemos estensível a todas e todos os presos políticos que se atopam nas prisons espanholas.

Abaixo a ditadura espanhola!
Independência SI

 
Mais artigos...
Teimudamente Alçadas!
teimudamente_alzadas
Manual de Segurança para Ativistas
manual_segurana_2015
O Teito é de Pedra
mostra_capa
Lei de Segurança Cidadá
LSC_2014web
Endereços d@s Pres@s

1 920422340620189774

raul_web

maria2014_web

edu_web

teto_web

Atópanos nas redes sociais



feisbuk

banner_numero_conta_2014