110276-crumpled-paper-icon-social-media-logos-rss-cube

policia municipal madrid"Hitler sí era um senhor, con él ya estarían las chimeneas echando humo", "hijos de puta los moros", " yo los tirava al mar, comida para peces", "el fascismo es alegria"... Som algumhas das mensagens que fixo publicas o jornal eldiario.es de um chat interno da polícia municipal de Madrid onde vários agentes louvam o nazismo. Um dos agentes fai-se chamar "führer" e os companheiros dirigem-se a el como "camarada 14/88"

"Ojalá tenga una muerte lenta y agonica" ou "es terrible que ella no estuviera en el despacho de Atocha cuando mataron a sus companheros", estas mensagens referem-se à alcaldesa de Madrid, Manuela Carmena, depois de terem ela definido como "error terrible" as brutais carregas políciais do 1de outubro em Madrid.

Também hai ameazas e insultos a mais políticos de esquerda e mesmo a jornalistas da canle de televissom Lasexta

A conversa do WhatsApp forma parte de umha denúncia que já está no julgado e que apresentou um polícia municipal de Madrid por ameazas. O agente dixo têr sido ameazado de morte, e fai constar que a persecuçom à que se vê submetido cre que é devida a serem delegado do sindicato Comisiones Obreras, mas que se intensificarom as intimidaçons ao censurar a atitude dos seus companheiros polo chat.

 

fiscalia geral estadoJosé Manuel Maza (Fiscal Geral do Estado) falecia o passado sábado em Bos Aires devido a umha infecçom renal.

O seu substituto provisional será Luís Navajas, q era tenente fiscal do Tribunal Supremo.

Navajas é conhecido polo famoso "Informe Navajas", no q denunciou a corrupçom e a presunto conexom entre narcotráfico e as FSE na província de Gipuzkoa, co foco posto no cuartel da Guardia Civil de Intxaurrondo, conhecido também polas numerosísimas denúncias de torturas denunciadas por militantes da esquerda abertzale

 

repressionAssim o dictou a Sala do Penal do Tribunal Supremo, que vem de confirmar a condena de um ano e meio de prisom a Andeka Jurado, que fora julgado e condenado pola Audiência Nacional espanhola por publicar um vídeo, um chio e dous rechouchios que faziam referência ao expreso político Vasco Iosu Uribebetxebarria.

Perante as alegaçons apresentadas pola defesa de Andeka, nas que se explicaba que as imagens e vídeos já estavam existiam nas redes sociais, o Supremo contesta que o tipo penal "no exige que el acusado asuma como propia, razone o argumente la imagen y su mensaje, ni tampoco que sea el que lo haya creado; basta que de un modo u otro accedan a él, y le den publicidad, expandiendo el mensaje a gran cantidad de personas" e engadem que "mostrar determinadas fotos, y mas con mensaje añadido, constituye una incitación a la imitación, si al terrorista se le presenta, como um prohombre, modelo a imitar o dechado de virtudes, cuando su fama procede unicamente de ser terrorista".

 

euskal presoakFaleceu esta madrugada no Hospital Oncológico de Donostia, depois de passar por umha longa enfermidade, pola que desde 2009 estava em prisom atenuada no seu domicílio.

Foi detida em 1999, e desde aquela estivo de prisom em prisom; 6 anos em cadeias francesas: Fresnes, Fleury, Rennes, Joux la Ville, e desde 2005 em cadeias do estado espanhol: Soto del Real, Valladolid e A Lama, onde lhe foi detectado o cancro.

Ficará sempre a sua lembrança e o seu exemplo!

 

mani antifa corunhaAcçom anti-fascista da Corunha chama a manifestarse o próximo sábado 18 de novembro às 20:00h no Obelisco, baixo a legenda "o fascismo avanza se nom se combate".

"Totalitarismo, repressom, falta de liberdades, supressom de direitos, fascismo... palavras que se suponhem desaparecidas desde aquel 20 de novembro de 1975 onde graças à idílica transiçom comezaba a mal democracía (...) Este auxe fascista nom é repentino, senom froito de um sistema injusto e cheio de desigualdade onde o governo exerce as cotas mais altas de repressom, cum aumento das Forzas e Corpos de Seguridade no Estado, que nom tiverom freo nos últimos tempos e às que vimos cometer todo tipo de atrocidades respaldadas pola aprovaçom de reformas como o novo Código Penal e a já conhecida por tod@s "Lei Mordaza" que dá carta branca ao abuso policial e à repressom".

 

penal de el puertoO passado 6 de outubro estreou-se no teatro Munhoz Seca de El Puerto de Santa Maria o documentário "O penal, face e alma de um mito", dentro das VII Jornadas de Memoria Histórica. A realizaçom do mesmo corresponde-lhe ao Foro pola Memória Histórica e aborda a história do penal, "o mal do mal".

"Soou um martinete gravado no pátio do Penal e puxo-se-me a pele de galinha (...) Pola pantalha iam passando históriadores, responsáveis da Memória Histórica e familiares de aquelas pessoas que nos anos 30 e na longa postguerra, estiveram presos no Penal; militantes comunistas, socialistas, anarquistas ou simplesmente pessoas trabalhadoras com ideias progresistas" descreve Miguel Ángel Rincón, e continua "aquel penal, agora declarado Lugar de Memória Histórica, foi um verdadeiro exponente do horror franquista para milheiros de presos políticos. Torturas, fusilamentos, mortes por inaniçom... detrás daqueles muros, sem dúvida e amosou-se a pior cara do ser humano"

Mejor quisiera estar muerto
que preso pa toa mi vía
En este penal del Puerto
Puerto de Santa Maria*

*anaco de umha famosa Toná

 
Mais artigos...
Teimudamente Alçadas!
teimudamente_alzadas
Manual de Segurança para Ativistas
manual_segurana_2015
O Teito é de Pedra
mostra_capa
Lei de Segurança Cidadá
LSC_2014web
Endereços d@s Pres@s

1 920422340620189774

raul_web

maria2014_web

edu_web

teto_web

Atópanos nas redes sociais



feisbuk

banner_numero_conta_2014