110276-crumpled-paper-icon-social-media-logos-rss-cube

compos20180924O organismo anti-repressivo Ceivar suma-se à convocatória da próxima segunda-feira 24 de Setembro na faculdade de Ciéncias Políticas em Compostela às 14h polos direitos académicos dos presos independentistas.

Ao longo destes anos, tod@s @s pres@s independentistas estudarom, alguns cursarom dentro o bacharelato e outros estudos universitários. Na atualidade Raul e Eduardo estudam na UNED direito e Teto Trabalho Social.

A continuaçom publicamos o manifesto desta concentraçom:

Nós, estudantes de Ciencias Políticas e da Administración na USC, convocamos este luns 24 de setembro unha concentración solidaria para reclamar os dereitos académicos dos que non poden, os presos independentistas galegos. Facemos do mesmo xeito un chamamento aos diferentes colectivos sociais, políticos e estudantís a espallar o encontro e os motivos do mesmo.

Leia mais...

 

ceiasolidarialugo

Desde Ceivar fazemo-nos eco da ceia solidária que vai ter lugar o próximo sábado 22 de Setembro em Lugo, no centro social Mádia Leva, sito na rua Serra de Ancares 18, a partires das 20:00h.

Para assistir a ceia é preciso anotar-se antes da sexta-feira 21 a través do correio: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

 

Maria Osorio 2014A sexta-feira 11 de Setembro, a militante independentista galega Maria Osório saiu ceive, após quase seis anos dispersada em prisons espanholas, da cadeia de Mansilla de las Mulas (Leom), sendo recebida a sua saída por amizades e familiares.

Apreixada em 2011 em Lugo canda o seu companheiro Antom Santos, foi condenada a dez anos de prisom acusada de terrorismo. Porém, a pena foi-lhe reduzida a 6 anos finalmente através de vários recursos. Em 2014 protagonizou um acto popular de desobediência ao negar-se a colaborar e entregar-se para reingressar na cadeia. Numha Gentalha do Pichel ateigada de solidárias e choída fora pola polícia, Maria, em busca e captura, dirigiu-se às presentes mediante vídeo-conferência para reafirmar o seu compromisso e enviar folgos: “Nom petarei na porta de nengumha prisom, declaro-me insubmissa. Nom tenho porque obedecer as leis dum Estado do que só conheço repressom e agressons”, Finalmente seria detida dias depois e encerrada até hoje em cárceres sempre fora do território galego na dispersom também comum ao resto de presos políticos galegos e que incumpre a legislaçom internacional.

Desde Ceivar queremos expressar a nossa alegria e parabenizar a Maria e as suas amizades e família.

BEM-VINDA MARIA!

LIBERDADE INDEPENDENTISTAS!

 

20180826Este mês de Agosto saimos novamente à rua em defesa dos direitos das presas independentistas, mas desta volta com umha concentraçom única em Boiro. O domingo 26 de Agosto reinvindicaremos os direitos como presas políticas de Maria, Edu, Raúl e Teto na zona de embarque do Porto de Cabo de Cruz às 11:00h, antes de dar começo a competiçom de trainhas da Eusko Label Liga.

Os pontos que o Coletivo de Presas Independentistas Galegas reclama som: O reconhecimento da sua condiçom de prisioneiras políticas, o fim da política criminal de dispersom penitenciária, o reagrupamento dos membros do coletivo numha mesma prisom em território galego, o cessamento do regime de reclusom nos centros de menores e a melhora geral das condiçons de vida no encerro.

Animamos-vos a participar desta convocatória e aproveitar esta jornada como um convívio entre as solidárias que durante todo o ano nos concentramos a última sexta de cada mês nas comarcas do País.

Participa e difunde!

 

XI cadeia humana 20181724Este 24 de Julho novamente convocamos desde o organismo anti-repressivo Ceivar a cadeia humana pola Liberdade, o ato reivindicativo anual no que se exigem a repatriaçom d@s independentistas galeg@s pres@s, a suspensom das estratégias de extermínio carcerário e a liberdade de quem se encontram desterrad@s por participarem no processo de emancipaçom nacional e social da Galiza.

Assim mesmo é também o momento no que, mao com mao, se tece a rede de solidariedade que consegue visibilizar às presas independentistas da Galiza e denunciar as ilegalidades e ilegitimidades que estám a sofrer nas prisons espanholas.

A XI Cadeia humana pola liberdade d@s pres@s independentistas terá lugar o dia 24 de Julho às 18:30 horas na Praça da Galiza, em Compostela.

Depois haverá umha ceia solidária às 21h na Gentalha do Pichel (prega-se confirmar no 628 364 949)

Faz parte da cadeia humana!

A nossa solidariedade é imparável!

 

 

galheira patria 20180713Esta sexta-feira 13 de Julho às 20:00h participamos junto a Esculca num faladoiro  co título de "Estado antidemocrático: Persecuçom política na Galiza" na que faremos um repasso e debatiremos sobre as últimas actuaçons repressivas do Estado contra a dissidéncia política na Galiza.

Esta atividade fai parte da Festa da Pátria que o centro social "A Galheira", sita na praça de Sam Cosme, organiza para celebrar o 25 de Julho em Ourense.

Ademais do faladoiro estam programadas umha petiscada às 21:30h e o concerto de Roberto Sobrado Grupo às 22:30h.

 
Mais artigos...
Teimudamente Alçadas!
teimudamente_alzadas
Manual de Segurança para Ativistas
manual_segurana_2015
O Teito é de Pedra
mostra_capa
Lei de Segurança Cidadá
LSC_2014web
Endereços d@s Pres@s

raul_web

edu_web

teto_web

Atópanos nas redes sociais



feisbuk

banner_numero_conta_2014